Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

10 máximas para ter sucesso na comunicação corporativa

Comunicar-se é uma das atividades mais antigas e mais complexas da humanidade. Em tentativas clássicas de comunicação, no melhor estilo “quer que desenhe”, nossos ancestrais deixaram referências as suas culturas, porém grande parte ainda permanece oculta.

Em outros casos, a comunicação é utilizada para manipular e chancelar ideias e ideais não bem esclarecidos. Ou seja, a comunicação é uma sensível “arma” que pode ser trabalhada de acordo com as necessidades de alguns em detrimento de outros. Nas empresas essa lógica não é diferente. Uma comunicação oficial pode ser distorcida se má interpretada e culminar no efeito telefone sem fio.

Pensando nisso, e para que não haja dúvidas sobre alguns pontos sobre a comunicação corporativa, separamos 10 máximas da comunicação ditas por especialistas que já passaram aqui pelo Cultura.

1 – A Comunicação deixou os muros da empresa

A comunicação deixou o muro das empresas há muito tempo, por isso defendo que o termo comunicação com os empregados atende à demanda de aplicarmos atividades informativas e dialógicas, preocupadas com os interesses não só da organização, mas também dos funcionários e abordando questões que eventualmente são mais complexas, porque se elas são importantes aos colaboradores, elas precisam ser abordadas. Esta é a maior contribuição que a comunicação dá dentro das empresas.
Viviane Mansi, Gerente Global de Comunicação Interna Votorantim Cimentos

2 – A comunicação é uma só

Não faça a divisão entre Comunicação interna e externa. Ela é uma só. Crie uma análise de risco, pontos de vulnerabilidade e crie estratégias e posicionamentos internos e externos. Faça um mapeamento de risco, greves, demissões, boicotes, sindicato, mudanças, necessidade de informações… Planeje sua comunicação com antecedência, escute seu público.
Ana Claudia Pais, Consultora de Comunicação Corporativa e gerenciamento de crises

Leia mais:

Como os comunicadores veem as ferramentas de comunicação corporativa

3 – Comunicação interna ou endomarketing

Não há como falar de endomarketing ou de comunicação interna sem falar em algo que antecede esses dois: ouvir. Antes de desenvolver qualquer ação é imprescindível saber o que as pessoas tem a dizer e onde a empresa quer chegar.
Ana Paula Baseggio Lehmkuhl, Gerente Desenvolvimento Humano e Organizacional do DOT Digital Group.

4 – A comunicação deve estar integrada

Existe forte demanda para que se evoluam os mecanismos de comunicação interna (onde aqui incluo o endomarketing). Não há mais como achar suficientes o jornal empresarial interno, o quadro mural, ou até mesmo uma intranet pouco interativa ou atraente. As estratégias comunicacionais eficazes são aquelas que se estruturam de maneira integrada (interna e externa), acrescidas de boas práticas de RH, de posicionamento institucional claro, de exercício de planejamento constante. Organizações que assim procedem costumam apresentar forte diferencial competitivo. Comunicação interna mais o endomarketing se sustentam em profissionalismo, portanto conduzida por profissionais qualificados, onde não há espaço para improvisação.
Gerson Bonani, consultor e ex-diretor executivo do Instituto Fenasbac, Chefe da Assessoria de Comunicação Social da ANAC.

5 – Missão, visão, valores

Compartilhar os valores independe de tamanho de empresa, porque não basta ter um quadro na parede com missão, visão e valores. Não adianta, tem que fazer parte do dia a dia, todos os colaboradores precisam ter os mesmos valores bem explícitos. Isso é importante para que todos entendam quais são suas metas. Qual é o posicionamento de mercado da empresa. Qual é o público e como os funcionários devem se comportar diante deles.

Julia Laitano, Especialista em Desenvolvimento Humano Organizacional e CEO da JoinTI.

6 – Engajamento

A utilização apenas das ferramentas e técnicas de comunicação interna não é suficiente para promover o engajamento dos colaboradores com os objetivos estratégicos da empresa diante da complexidade que determina a relação empresa/empregados. Acredito que mais importante que a empresa comunicar aquilo que faz é fazer o que ela comunica. Nesta linha, não basta comunicar por meio da comunicação… o ambiente comunica, a atitude dos líderes comunica, as práticas de RH comunicam, a cultura comunica, a estratégia comunica, e, é claro, a gestão comunica. Não existe gestão sem comunicação.

Daniel Costa é Diretor de Planejamento e Consultoria da Santo de Casa.

7 – Trabalho Remoto

Um dos grandes benefícios de um ambiente de trabalho presencial é a integração, união que esse convívio diário pode trazer (e com isso um aumento de produtividade). A boa notícia é que já existem ferramentas on-line para suprir essa necessidade. O Slack é o software de comunicação para empresas que agiliza o contato com colaboradores e substitui e-mails infinitos. Da mesma forma, a SocialBase agiliza a comunicação interna e ajuda na integração da empresa usando conceitos de redes sociais.
Diego Wagner, Diretor da Viddheo – software de atendimento on-line por videoconferência.

Tenha em mente: em sistemas de trabalhos remotos, usar boas ferramentas de comunicação e relacionamento virtuais (desenvolvidas especialmente para fins corporativos) é imprescindível.

8 – Seja inovador

A inovação é um elemento que hoje pode ser um diferencial, mas futuramente pode ser um requisito, quer dizer a empresa que não inova está fora. Além disso, empresas inovadoras têm altíssimo valor agregado. Quer dizer, uma empresa inovadora tem um faturamento muito maior que as empresas não inovadoras.
Leandro Carioni, Diretor do Centro de Empreendedorismo Inovador da Fundação Certi.

9 – Quer vender? Ouça

Interaja com seu cliente e use a comunicação para isso. Olho nos olhos, aperto de mãos firme, verbalizar gentilezas e, claro, saiba escutar o que seu cliente está lhe pedindo.
Alloyse Boberg, consultora em comunicação e Diretora da DNA Comunicativo e criadora do blog A Comunicação como ferramenta

Ps.: lembre-se seus colaboradores são seus primeiros clientes. Se eles não comprarem sua ideia, provávelmente há um problema nela.

10 – Produtividade

A produtividade não depende apenas da capacidade e empenho dos trabalhadores.  Uma empresa mais equipada será mais produtiva do que aquela que dispõe de menos recursos.

Além disso, é importante que os objetivos do projeto ou atividade estejam claros, como também os processos para que sejam bem executados por todos. Isso o ajudará a conversar com toda a equipe em uma mesma linguagem, minimizando ruídos.
Raíza Terra, Gestora responsável pelo Marketing e Comunicação da Contentools, empresa pioneira em Marketing de Conteúdo no Brasil.

Ferramentas de comunicação interna

CTA_novo