Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

7 hábitos que podem te levar de empregado a CEO

Destrua os obstáculos que impedem as pessoas de terem sucesso. Esse é um dos passos citados por Peter Cohan, autor do livro Hungry Start-up Strategy,  para se tornar um CEO de sucesso.

Segundo o autor, que entrevistou mais de 300 CEOs para o livro, há sete passos comuns no comportamento dos grandes executivos. Para ele, se você quer sair da posição de empregado para empregador, praticar estes hábitos ‘surpreendentes” podem levá-lo a ser um CEO.

1

Se você trabalha para outra pessoa, há uma boa chance de tenha que cumprir tarefas específicas designadas. Porém, você nunca irá se tornar um CEO se acreditar que apenas executando essas atividades será promovido. É importante deixar claro aos seus colegas que eles podem contar com você  sempre que necessário.

Além disso, é interessante você investir tempo para entender a razão de ser da organização. Outra dica é descobrir formas inovadoras de alcançar seus objetivos organizacionais e também as pessoas que poderão o auxiliar a chegar a eles.

2

Um dos trabalhos mais importantes de um CEO é criar e cultivar a cultura de uma empresa. Então, se você quer ser o próximo CEO, você deve entender como fazer isso. Pergunte a si mesmo: que tipos de pessoas chegaram ao sucesso aqui? Que comportamentos levaram outras a serem demitidas? Que valores ajudam ou atrapalham o crescimento da empresa? Quais são os sistemas de uso e mensuração de desempenho da empresa para medir estes valores?

Se você espera ser o presidente de uma empresa, você deve ser capaz de perceber o que seu empregador atual faz de melhor e onde pode haver melhoria. Em sua mente, você deve ter: o que faria de maneira diferente se você fosse o chefe.

3

Grandes CEOs buscam servir as pessoas que trabalham em suas organizações. Isso significa que se  concentrar unicamente em suas próprias necessidades irá dificultar a sua ascensão. Se você deseja mostrar aos líderes da sua empresa que você tem potencial para CEO, comece a pensar sobre como ajudar os outros a fazer o seu trabalho de forma mais eficaz.
Afinal de contas, um líder talentoso irá ouvir com entusiasmo as pessoas que estão no comando das ações efetivas. E, por meio do diálogo descobre-se como remover as barreiras que impedem o alto desempenho da empresa. Tornando a empresa um ótimo lugar para pessoas talentosas com novas ideias e com vontade de fazer acontecer.

4

Uma das coisas com maior importância realizada pelos CEOs é dar às pessoas propósito. O objetivo destas ações é motivada pelo desafio em definir metas ambiciosas que irão inspirar as pessoas talentosas a superar-se.

Se hoje você é um empregado, questione-se: Que metas ambiciosas a sua organização está se esforçando para realizar? Será que essas metas motivam você? Você vê oportunidade de carreira em trabalhar para atingir estes objetivos?

Se a resposta a estas perguntas for sim, você está satisfeito por estar trabalhando em uma empresa onde o CEO sabe como motivar as pessoas. Se a resposta foi não, pense como você projetaria mudanças se a empresa fosse sua.

Segundo Cohan, CEOs vencedores têm o hábito bem desenvolvido de estabelecer metas que estimulem seus funcionários. Eles fazem isso, pois conhecem suas empresas melhor que qualquer outra pessoa, e veem maneiras mais atraentes de como sua organização pode ser melhor e mais desafiadora.

É este olhar que você precisa desenvolver. Em seguida, descubra como definir metas ambiciosas para motivar e incentivar outras pessoas a segui-lo na realização destes objetivos.

5

Uma das características de um CEO é a capacidade de motivar o trabalho em equipe. É comum o CEO ser responsável por vários grupos de trabalho. No entanto, a fim de subir ao topo, é preciso desistir de estar no comando das ações.

O ideal é abrir mão do controle, delegando a seus comandados as ações. Deixe claro que seu papel é de fornecer orientações (aja como um facilitador), e o deles é descobrir como chegar lá.

6

CEOs que insistem em gerir os pequenos detalhes do trabalho dos empregados em última análise os perderá. Afinal, se o CEO considera que um empregado é apenas um par extra de braços e pernas, o trabalhador irá parar de pensar e se desmotivar.

Neste caso, aconselha Cohan, você precisa treinar as pessoas a descobrir como atingir seus objetivos na organização. “Ao invés de dizer-lhes o que fazer, peça a eles para propor soluções para os problemas identificados. Em seguida, os estimule a pensar, nos prós e contras de cada opção, objetivando o aprendizado do que funciona e o que não funciona.

7

Um CEO deve se aperfeiçoar em diferentes habilidades conforme a empresa cresce. Intelectualmente, pode ser fácil ver que um CEO em fase inicial precisa ser um bom vendedor ou um construtor. Mas, conforme a empresa cresce, o CEO deve saber se comunicar bem com muitas áreas de interesse e certificar-se de que as normas e procedimentos estão afinadas.

A parte mais complexa é ver se seu perfil encaixa-se às exigências da função de CEO em evolução. Para se certificar que você é a pessoa certa para o trabalho, pergunte a si mesmo: Meu trabalho é fundamental à empresa? Você é a pessoa mais indicada a esta função? Você gosta do que faz?

Se a resposta a qualquer destas perguntas é não , encontre alguém para fazer o trabalho e saia do caminho.

Texto adptado de: 7 Surprising Habits That Will Turn You Into a CEO

 

CTA_novo