Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Cinco razões que levam funcionários a odiarem o chefe

[Via Diário Catarinense]

Se você está num cargo de chefia e quer evitar virar alvo do dissabor dos seus empregados, leia essas dicas

Quem nunca ouviu alguém reclamando do chefe? E quem não sabe que, quanto mais difícil é esse tipo de convivência, mais desagradável o ambiente de trabalho se torna? A questão é: como impedir que esse problema surja?

A revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios ouviu o consultor de treinamento e avaliação psicológica José Henrique Pontes de Camargo, diretor da Elithe RH, que conta quais são os erros mais comuns cometidos pelos gestores.

Evitar essas atitudes é um bom começo.

Leia mais notícias sobre o mercado de trabalho

1. Não conhecer a equipe

Para ser um bom líder, é preciso conhecer o próprio time.

— Não olhar para os funcionários e não saber identificar os indivíduos é um pecado terrível, porque causa mal-estar nas pessoas — diz Camargo.

Segundo ele, o chefe deve entender que cada um tem um perfil psicológico diferente, definido por fatores como histórico familiar e religião:

— O líder tem que observar tudo e conversar com os colaboradores para conhecê-los melhor. Às vezes, até uma piada feita sem pensar pode ofender algumas pessoas.

2. Acreditar que pode fazer o que quiser

Ser chefe não lhe dá o direito de fazer o que bem entender. Marcar reuniões no fim do expediente ou aos finais de semana, por exemplo, pode atrapalhar a rotina dos funcionários, e o gestor precisa levar em consideração que as pessoas têm uma vida fora do trabalho. Colocar metas impossíveis de serem alcançadas também é um péssimo hábito, afirma Camargo, que também critica chefes que não distribuem as tarefas de forma igualitária e que não fornecem feedback.

3. Não ouvir os funcionários

— Um dos piores chefes é o arrogante, que sobe no salto e não escuta as pessoas — afirma o consultor.

É função de um líder estar sempre aberto a ouvir a equipe, mesmo que as ideias não possam ser aproveitadas:

— Chefes que só falam se sentem o máximo nas reuniões, enquanto fazem suas apresentações. Mas eles não enxergam que os liderados não gostam disso.

4. Agir de maneira injusta

Outro comportamento que prejudica muito a imagem do chefe junto aos funcionários: portar-se de modo tendencioso.

— Alguns líderes costumam ter seus queridos na equipe. É preciso saber lidar com isso para ser justo — recomenda Camargo.

Por exemplo: as punições por erros devem ser aplicadas a todos – inclusive aos favoritos.

— Para conquistar o respeito do grupo, o chefe deve tratar todos de maneira igual, o que é difícil quando se tem preferências — afirma o consultor.

5. Achar que faz parte da turma

— O poder é solitário — ensina Camargo.

Ou seja, não é recomendável que o chefe se convide para tomar aquele chope com a equipe ao fim do expediente:

— Claro que, se for só uma vez, para comemorar alguma meta alcançada, tudo bem. Mas ele não pode se inserir em todos os programas dos funcionários.

Segundo o consultor, o chefe pode, sim, ter esse tipo de relacionamento fora do trabalho, mas com outros chefes.

Afinal, quem disse que liderar era fácil?

 

CTA_novo