Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Como gerenciar trabalho remoto

Cada vez mais torna-se comum termos nossos horários de trabalho flexibilizados e a oportunidade de podermos trabalhar em qualquer lugar. A tecnologia nos permite isso. E, acima de tudo há uma série de vantagens tanto às empresas quanto aos colaboradores.

Segundo reportagem do El país, entre as vantagens do modelo está a possibilidade de encontrar talentos à sua empresa, sem se importar em que local eles estejam. Além disso, de acordo com um estudo realizado pela Global Place Analytics, só nos EUA as organizações poderiam economizar até US$ 500 bilhões por ano se aplicassem um modelo de trabalho remoto por meio período.

Contudo, o principal problema levantado por gestores quando se fala em trabalho remoto é o formato de gestão. Alguns executivos apontam a falta de controle do colaborador como um problema e alguns colaboradores sentem a falta de uma interação mais próxima à equipe.

Segundo Diego Wagner, diretor da Viddheo, muitas vezes, as iniciativas de trabalho remoto não dão certo, pois as empresas tendem a micro-gerenciar. “A ideia de trabalhar de casa pressupõe liberdade ao funcionário, e liberdade e micro-gerenciamento não combinam“, escreve ele em artigo ao Cultura.

Por esta linha, com a ideia de desmistificar de vez o trabalho remoto e mostrar como seus pontos positivos são muito maiores que os negativos, especialistas da BrightCarbon reuniram seus conhecimentos em gerenciamento e dão dicas para que você tenha uma equipe remota, feliz e produtiva.

CTA_novo