Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Gamificação em redes sociais corporativas: tecnologia para cativar a equipe

A integração de equipes e a motivação empresarial são fatores fundamentais para o sucesso de uma empresa. E, para alcançar esses objetivos, algumas empresas apostam em tecnologia. Porém, muitos clientes que nos procuram dizem que as ferramenta disponíveis no mercado, como intranets, não costumam ser muito amigáveis ou atrativas para os colaboradores. Para tentar sanar essa questão, uma solução cada vez mais popular é a rede social corporativa, voltada para a comunicação interna. Outra tendência que vem ganhando força é a gamificação: disciplina de negócio, que toma as técnicas que fazem os jogos serem envolventes, divertidos e apelativos, e as aplica em softwares empresariais. Agora pense: e se juntarmos essas duas inovações em um sistema só? Ele une a comunicação e o colaborativismo das mídias sociais internas com o dinamismo dos jogos eletrônicos. No fim, cria-se uma plataforma definitiva de engajamento dos colaboradores. Vamos entrar em detalhes sobre gamificação em redes sociais corporativas neste post.

Antes de detalhar a gamificação em redes sociais corporativas, é preciso definir o conceito correto de gamification. Recurso usado em muitos aplicativos disponíveis no mercado, e que pode ser perfeitamente aplicado em um programa de endomarketing, consiste no uso de tecnologias e sistemas vistos em jogos eletrônicos nas aplicações empresariais ou institucionais. Um exemplo é osistema de “medalhas” e recompensas: você ganha uma badge ao cumprir um objetivo, por exemplo. No caso de um softwaregamificado, você é “recompensado” ao atingir uma meta estipulada pelo gestor, como entregar um projeto antes do prazo.

Essa mecânica de gamificação pode ser perfeitamente aplicada em uma rede social corporativa, incentivando o uso da ferramenta. Os colaboradores que mais usam o sistema para tirar dúvidas e fazer perguntas para a equipe, por exemplo, podem ganhar uma medalha. Já os funcionários que respondem mais questões também podem ser lembrados. Essa dinâmica instiga os usuários a experimentar a solução e explorar suas possibilidades.

Outra vantagem da gamificação em redes sociais corporativas é o estímulo de práticas colaborativas. Nos dois exemplos que citamos acima, colegas usam a rede para tirar dúvidas contribuir com os projetos internos. Com o suporte de gamification, colaboradores que não tem esse hábito podem, naturalmente, passar a interagir mais e trocar mais ideias. Uma tecnologia desse tipo pode ajudar a disseminar internamente a cultura da colaboração.

Por fim, a mecânica da gamificação em redes sociais corporativas contribui para tornar o sistema mais amigável e convidativo para o colaborador. Afinal, o layout das redes sociais e o meio de funcionamento dos jogos eletrônicos são muito populares e feitos para propiciar a interação. Nossa experiência mostra que uma plataforma de colaboração que contém esses recursos tende a ter uma adesão maior.

Na hora de procurar uma rede social corporativa, veja se a solução conta com algum recurso de gamificação e como essa tecnologia pode beneficiar sua empresa. Você já usa internamente uma ferramenta com essas funcionalidades? Compartilhe seu relato conosco e com os leitores do blog.

CTA_novo