Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Mídias sociais aparecem entre as profissões do futuro

Trabalhar na administração de comunidades online, sejam comerciais ou corporativas, pode ser lucrativo. É o que aponta uma pesquisa feita pela consultoria Michael Page sobre as profissões do futuro. Entre as sete áreas citadas no estudo, duas delas têm relação com gerenciamento nas mídias sociais.

O primeiro profissional do futuro é o gestor de comunidade, sobre quem já falamos aqui no blog. Ele é responsável por aproximar pessoas com interesses comuns, propor discussões e ajudar no compartilhamento de conhecimento. Para o sucesso de uma rede social corporativa, por exemplo, este profissional pode contribuir bastante. E, para a pesquisa da Michael Page, a remuneração comprova esta importância. Os gestores de comunidade que, segundo o estudo, terão formação ou especialização em áreas como marketing ou publicidade, receberão um salário médio entre R$ 7 mil e R$ 10 mil.

Outra profissão que deve remunerar bem nos próximos anos é na área de gerenciamento de marketing online. Com foco mais abrangente nas redes sociais comerciais, este profissional é responsável pela elaboração de estratégias para as mídias online, usando-as não só como instrumentos de divulgação do produto, mas de engajamento de fãs e de consolidação da marca. De acordo com a consultoria Michael Page, esta área terá pessoas com formação em publicidade ou marketing, que poderão receber salários médios entre R$ 8 mil a R$ 15 mil.

Nas duas áreas, percebe-se que o profissional deve ter uma afinidade muito grande com o meio digital. Além disso, a especialização e a boa formação são essenciais. É preciso acompanhar periodicamente as novas ferramentas, cases de sucesso e estratégias diferentes para se destacar neste segmento.

Se você ficou interessado na pesquisa, pode conhecer as outras cinco profissões do futuro nesta reportagem da Exame.

CTA_novo