Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Montando um Plano de Ação para a Comunicação Interna na prática

Para ter um Planejamento de Comunicação Interna extremamente profissional e bem sucedido é importantíssimo criar um Plano de Ação.

O Plano de Ação para a Comunicação Interna é um instrumento de gestão de atividades que mantém a coerência das campanhas de comunicação com o restante da empresa. É importante saber que para sua elaboração, um roteiro básico deve ser seguido, contendo: definição de objetivos, estratégias de Comunicação, segmentação de público-alvo, táticas, prazos (cronograma) e resultados esperados.

Para ficar mais claro, veja o exemplo:

Objetivo da Empresa: implantar o conceito de sustentabilidade em todas as unidades.

Objetivo da Comunicação Interna: motivar e mobilizar os colaboradores e seus familiares para o exercício da sutstentabilidade, tanto no ambiente profissional, quanto pessoal.

Definidos esses dois objetivos, que precisam estar necessariamente alinhados, parte-se para o Plano de Ação, que pode ser formatado da seguinte maneira:

plano de acao
O universo de soluções para Comunicação Interna é enorme. Por isso, é importante entender quais iniciativas são relevantes para a situação atual da empresa e devem constar no Plano de Ação.

No processo de definição do que fazer em CI, existem três conceitos relacionados que devem ser esclarecidos:

As ações de relacionamento dizem respeito à promoção de iniciativas de engajamento para mobilizar em momentos-chave e à integração de colaboradores e lideranças. Também envolvem programas de capacitação para gestores e agentes de Comunicação, no sentido de disseminar a cultura de Comunicação e multiplicar conceitos.

Os materiais e campanhas de Comunicação Interna são aqueles que apresentam e, claro, posicionam a empresa, por meio da Missão, Visão, Valores, Políticas e Objetivos Estratégicos para o público interno.

Os veículos de CI são constituídos por canais de Comunicação estabelecidos de forma permanente, com periodicidade e formatos definidos. Além disso, a possibilidade de interação deve ser contemplada em todos os movimentos do seu Plano de Ação, ampliando a abrangência e divulgando, para além da área de Comunicação Interna, a forma como a empresa troca suas informações, gera e compartilha conhecimento com seus colaboradores. Se você sentir necessidade, pode fazer mais de um plano de ação para iniciativas específicas.

Seu plano também pode ser revisitado a qualquer hora para que seja readequado ou relembrando. Este não é um documento que deve ficar guardado apenas dentro da gaveta, por isso compartilhe ele com todos os envolvidos e tenha certeza de que ele está armazenado num lugar fácil de ser encontrado.

Um bom Planejamento de Comunicação pode parecer trabalhoso, mas isso não é motivo para deixar de fazê-lo. Aliás, apenas com um planejamento completo como este sua empresa irá colher os verdadeiros frutos de uma Comunicação Interna fluida, que tem alcance, engaja os colaboradores, favorece a cultura e é estratégica.

Como vimos ao longo deste material, um planejamento robusto envolve vários detalhes, mas que ao longo do tempo e na prática, irão se transformar em processos de rotina altamente eficazes.

Espero que este plano de ação seja útil em sua jornada, vencendo os desafios diários da Comunicação Interna. Mãos à obra!

infografico-cta-101-dicas-guestpost

CTA_novo