Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Ponto de encontro: redes sociais corporativas para profissionais em homeoffice

Presente em ¼ das empresas brasileiras, o tele trabalho traz vantagens para o profissional que quer trabalhar em um homeoffice. Além de ser uma forma de evitar o trânsito das cidades, trabalhar em casa pode ser mais confortável e amigável para o colaborador – principalmente aqueles que não gostam do ambiente empresarial. Porém, a distância do funcionário para a equipe e os gestores traz a seguinte dúvida: como manter um ponto de contato com alguém distante da realidade da empresa? Com ajuda da tecnologia, este ponto de encontro pode ser virtual.

Na internet, é possível criar um espaço comum para os colaboradores – algo mais integrado que um email institucional, por exemplo. Ali eles poderão trocar ideias, discutir aspectos importantes de um projeto e compartilhar documentos necessários para o trabalho. Sempre que um funcionário quiser informações sobre a empresa, aquele canal estará disponível para uso. O suporte tecnológico pode variar de acordo com o porte e as opções da empresa, desde uma intranet – forma mais tradicional e fechada, geralmente relacionada à TI – até uma rede social corporativa – rede interna inspirada em sites de relacionamentos com recursos de compartilhamento e troca de informações entre os profissionais.

Independente da tecnologia escolhida, há um pré-requisito essencial para que esse “ponto de encontro exista”: ele precisa estar online. Pode estar hospedado em um servidor da empresa – situação recorrente em instituições com intranets – ou disponível em um servidor na nuvem, como a Social Base. Em ambos os casos, é fundamental que o acesso seja feito pela web, por uma página de login, da forma mais fácil e acessível.

Que tipo de informação um funcionário em home office precisa ter online?

– Novidades da empresa: E-mails sobre a festa de fim de ano ou a promoção de um colega podem ficar perdidos entre várias mensagens novas na caixa de entrada do funcionário. Ter um espaço para compartilhamento destas novidades ajuda o colaborador home office a ficar mais perto da organização.

– Normas, procedimentos e regulamentos: É preciso dar ao colaborador um lugar para buscar referências. Um banco de dados online de fácil acesso, como uma intranet ou uma rede social corporativa, pode ajudar no armazenamento destas informações.

– Comunicação rápida com os colegas: Muitas informações não podem esperar por um email, nem por um telefonema. Se o colega está online, por que não chamá-lo naquele momento em um mensageiro instantâneo ou serviço similar?

E você, o que faz para deixar mais próximo seus funcionários em home office?

CTA_novo