Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

Redes sociais corporativas ajudam na gestão de equipes

Os funcionários de uma empresa, organizados em seus devidos departamentos, são a força motriz de qualquer negócio. Sem eles, não há entrega. Contudo, o alto rendimento destes colaboradores depende, consideravelmente, da gestão de equipes. Uma das causas mais comuns da baixa de produtividade das equipes é a falta de comunicação entre seus membros. Isso costuma ocorrer quando a informação vem de muitos lugares diferentes, dificultando o processo de separar o que é importante e o que não é. Ao centralizar a comunicação da equipe em uma única plataforma, como as redes sociais corporativas, fica mais fácil controlar o fluxo de trabalho e acompanhar o andamento.

Para tornar a gestão de equipes mais eficiente, os gestores devem levar em consideração alguns aspectos, como as ferramentas disponíveis para esse fim. Nesse contexto, buscar soluções que otimizem o tempo de trabalho, que se adaptem às necessidades da equipe e centralizem a troca de informações é fundamental. Foco e planejamento também são fatores que influenciam muito a gestão de equipes. Com recursos disponíveis nas redes sociais corporativas, como a criação de grupos, possível definir o foco de cada equipe e a função de cada membro. A criação de grupos e aproximação dos membros da equipe favorecem ainda o alinhamento de modelo mental, ou seja, os funcionários terão claro quais são os seus papeis e objetivos, assim como a visão comum dos membros sobre o funcionamento do próprio grupo.

As redes sociais corporativas também favorecem a aproximação e integração dos membros da equipe, aspectos importantes para fortalecer a motivação dos mesmos. Elas permitem a criação do perfil de cada usuário, que pode conter informações relevantes sobre a área de atuação de cada membro, suas expertises, contatos e etc. Assim, o entrosamento se dará mais facilmente e os contatos serão mais rápidos e assertivos. Trata-se de um ambiente ideal para fomentar a habilidade e a dinâmica social dos membros da equipe.

Outro benefício que as redes sociais corporativas podem trazer à gestão de equipes é que, mesmo que elas estejam dispersas, com funcionários remotos ou em homeoffice, o contato entre os membros e o encaminhamento das demandas não serão interrompidos. Isso é viável por se tratar de uma ferramenta na nuvem, que pode ser acessada de qualquer máquina, em qualquer local que conte com conexão à internet. As redes sociais internas também podem ser vistas como uma biblioteca corporativa, sendo que cada funcionário poderá colaborar com informações importantes para sua equipe ou para a empresa como um todo de forma instantânea e direcionada.

Para aqueles gestores que enfrentam diariamente o desafio de gerir equipes, as redes sociais corporativas podem ser um importante aliado, de modo que suas funcionalidades podem contribuir significativamente para o alinhamento estratégico destes grupos. Você já testou essa solução com a sua equipe? Compartilhe a sua experiência!

CTA_novo