Pressione "Enter" para pesquisar ou "Esc" para cancelar.

3 dicas para tornar o RH estratégico com Comunicação Interna

Um desafio cotidiano dos gestores que desejam ter uma área de RH mais estratégica é integrar as necessidades da área às da empresa, de forma que, ao resolver um problema do RH, um problema do negócio possa ser impactado positivamente. Essas necessidades perpassam desde questões de processos até a comunicação interna, responsabilidade, muitas vezes, do RH, mas que nem sempre dispõe de um especialista para ficar a frente da área. Pensando neste desafio e na importância estratégica do tema, neste artigo vamos mostrar como ter um RH estratégico com Comunicação Interna.

O que a Comunicação tem a ver com o RH

Embora pareça que a Comunicação é responsabilidade apenas de profissionais da área, ela acabou se tornando responsabilidade do RH em empresas de diversos tamanhos e segmentos. Isso acontece porque um tipo de Comunicação Organizacional, a comunicação administrativa, geralmente é feita pelo RH, sem passar pela área de comunicação.

O RH, por exemplo, é o responsável por repassar informações do âmbito administrativo de uma empresa. É o tipo de comunicação, segundo Margarida Kunsch, que permite viabilizar todo o sistema organizacional, de forma a planejar, coordenar, dirigir e controlar seus recursos de maneira que se obtenham alta produtividade, baixo custo e maior lucro ou resultados, por meio da aplicação de um conjunto de métodos e técnicas.

Isso pressupõe um contínuo processo de comunicação para alcançar tais objetivos. E o que se organiza de fato é o fluxo de informações, que permitirão à organização sobreviver, progredir e manter-se dentro da concepção de sistema aberto.

Como o RH já assume esse papel, geralmente os outros tipos de comunicação também recaem sob suas responsabilidades. E para se tornar um RH estratégico, a área precisa aprender a lidar com isso e entregar excelentes resultados nessa disciplina também.

Ao assumir a comunicação interna como seu papel, levamos o RH a um novo patamar: damos um novo objetivo à sua atuação com a comunicação, que visa, segundo Kunsch, “viabilizar toda a interação possível entre a organização e seus empregados”,  de forma que possa colaborar para o atingimento de objetivos estratégicos da empresa.

Time construindo um RH estratégico com Comunicação Interna

Embora pareça que puxar para si mais uma responsabilidade vá onerar o RH, é preciso entender que a Comunicação pode ser feita de maneira simples, mas altamente estratégica, de forma que os resultados possam ser sentidos tanto na área quanto na empresa.

Diversos clientes da SocialBase, que fornece uma rede social corporativa para as empresas, adquiriram a ferramenta por meio da área de RH, que enxergavam a necessidade e o potencial de lidar de modo estratégico com a comunicação interna. Veja abaixo alguns casos de uso que o RH pode fazer com a comunicação interna.

Alinhamento estratégico

Por meio de ações de comunicação interna, o RH pode construir e estabelecer o alinhamento estratégico, passando a sensação de que todos estão juntos no mesmo barco e remando na mesma direção. Alinhamento estratégico ajuda, portanto, a conduzir melhor os colaboradores e as áreas de uma empresa.  Essa prática de alinhar os stakeholders à estratégia da empresa, além de colocar todos na mesma página e mostrar os rumos que a empresa está seguindo, também evitará, no futuro, frustrações e desmotivações.

O alinhamento estratégico também ajuda a organização a estabelecer prioridades. Assim, dependendo do objetivo da empresa, uma área poderá ter prioridade na divisão dos recursos em relação a outra, um software poderá ser priorizado em detrimento de outro e assim por diante. Apesar de parecer injusto, priorizar é o único caminho para que a empresa atinja seus objetivos de modo sustentável.

Com o discurso de que poderá atuar ativamente no atingimento das metas da empresa, melhorando a produtividade dos colaboradores e diminuindo o turnover, o RH consegue espaço e recurso para implementar soluções de comunicação interna, por exemplo. Não sabe como fazer isto? Converse com um consultor da SocialBase.

Alinhamento estratégico na prática com a comunicação

Para desenvolver ações de comunicação com impacto direto em alinhamento estratégico sem onerar o RH, é preciso criar estratégias em que os líderes da empresa sejam envolvidos, e eles sejam os principais atores nesse alinhamento com seus liderados. Nesse caso, o ideal é que a empresa disponha de ferramentas que dê autonomia aos líderes nesse processo, e o RH entra como orientador.

Além disso, o RH pode criar um calendário de campanhas em que, com frequência, repassa aos colaboradores as estratégias da empresa e faz um balanço no atingimento das metas. Além disso, o RH precisa dispor de uma maneira simples de aferir o alcance dessas campanhas, pois com esses dados ela poderá tomar providências caso perceba que alguns colaboradores não têm se engajado e podem estar, por isso, desalinhados.

cootura

Alinhamento cultural

Na esteira do alinhamento estratégico está o alinhamento cultural. Isso porque o mercado de trabalho está mudando rapidamente, principalmente com a entrada das novas gerações. Isso tem criado um fenômeno interessante nas organizações, em que há uma preocupação constante em dar aos novos colaboradores um senso de propósito, e isso passa diretamente pela criação e manutenção de uma excelente cultura organizacional.

Além de dar aos colaboradores o senso de propósito, a cultura organizacional ajuda a promover os valores que guiam a organização. Manter esses valores vivos nos colaboradores é a garantia de que as metas serão batidas com ética, por exemplo.

Alinhamento cultural na prática com a comunicação

Geralmente, essa responsabilidade cai nos ombros do RH, e por isso essa ação deve ser tratada de forma estratégica. Desenvolva ações de que ajude a promover os valores da organização e métodos para aferir a absorção desses valores.

Use, para isso, ferramentas que os valores sejam compartilhados com os colaboradores de forma orgânica e permita exemplificar seu uso no dia a dia da organização. Um bom exemplo é o uso de hashtags.

ezgif.com-video-to-gif

Ao compartilhar uma informação que tem relação com um dos valores da empresa, o autor pode usar uma # para ressaltar o valor. Dessa forma, além de mostrar o valor, se apresenta um uso prático dele, o que fará com que a absorção do valor seja maior.

Leia mais: Como fortalecer a cultura organizacional com o SocialBase

Motivação dos colaboradores

Saber que os funcionários conhecem a estratégia e a cultura da empresa não é suficiente. É preciso garantir que os colaboradores estejam motivados e queiram bater suas metas e ajudar a empresa a crescer. Motivar os colegas não só aumenta a satisfação coletiva, como também contribui para o “contágio” dos demais.

A motivação dos colaboradores é o que mantém os colaboradores, além de comprometidos, produtivos, engajados e satisfeitos – características que são o diferenciais na hora de crescer resultados e enfrentar o inimigo número #1 das empresas atualmente: o alto turnover.

Com uma comunicação interna eficiente evita a rádio peão, a cultura organizacional tóxica, o clima pesado, o desalinhamento, a falta de integração, que são os venenos da motivação. Além disso, quando a comunicação funciona e existem canais específicos para ouvir o colaborador, ele pode dar feedback para a empresa ou seu líder antes de se desmotivar e querer sair da empresa.

Motivação na prática com a comunicação

Existem dois caminhos possíveis para que a comunicação colabore com a motivação. O primeiro é atuando para que a empresa seja transparente e promovendo campanhas que valorizem e reconheçam os colaboradores. Esse reconhecimento não precisa vir em forma de premiação, mas em forma de congratulações públicas. O uso de canais digitais são os melhores nesse caso.

A segunda forma é dando voz ao colaborador. Ter um espaço aberto de feedback é importante para que o colaborador se sinta prestigiado e, assim, motivado. Ao invés de fazer onerosas ações de recolhimento de feedback, o RH pode optar por utilizar uma ferramenta que permita esse feedback acontecer de forma espontânea. Mas também é importante que a empresa dê um retorno sobre o feedback do colaborador.

Dica bônus para um RH estratégico com Comunicação Interna

Até aqui vimos como a comunicação é uma poderosa aliada do RH, e que ela pode ser feita sem muito esforço, isto, sem onerar a área. Mas para isso, o RH precisa de parceiros chaves. Aqui, cito dois: apoio da liderança e apoio de uma excelente ferramenta de comunicação interna.

A SocialBase, além de oferecer a ferramenta ideal para promover alinhamento estratégico e cultural e a motivação dos colaboradores, também desenvolveu uma metodologia inovadora de sustentação estratégica da comunicação nas empresas, que é implementada juntamente com sua rede social corporativa.

Fale com nosso consultor e conheça a ferramenta e a metodologia da SocialBase.


CTA_novo